carregando
Carregando...
Caso a página demore muito para carregar,
aperte o botão "atualizar" do seu navegador ou a tecla "F5".

  • Receba informações e promoções de nosso site.


Mensagens Bíblicas

Geral

COMO SEREMOS JULGADOS

30/12/2017 às 11:57h

 

O SENHOR julgará os povos; julga-me, SENHOR, conforme a minha justiça e conforme a integridade que há em mim.

Salmo 7.8

 

De uma coisa podemos estar certos: as pessoas de todas as nações, religiosas ou não, salvas ou perdidas, serão julgadas pelo Criador. Desculpar-se alegando que errou por causa do pecado de Adão não convence, porque o que ele fez de ruim foi desfeito por Jesus em Sua morte na cruz. Hoje, a alma que pecar morrerá (Ez 18.20). Quem buscar a Verdade entenderá as mensagens contidas no Livro de Deus e obterá ajuda.

O julgamento final será com misericórdia para os misericordiosos, mas será terrível para quem não usou de misericórdia. Suas obras indicam como você será tratado naquele Dia. Para compreender melhor, lembre-se disto: receberemos na mesma medida que medirmos (Lc 6.38). Quem causa males ao próximo não sabe o quanto sofrerá por causa dessa atitude. Por que viver no crime, se pode andar de modo sábio, entesourando boas obras? Prepare-se!

Sabemos que daremos conta das nossas obras; então, não seria bom verificarmos como temos procedido? Se estivermos errados, precisamos procurar a quem temos ofendido ou demos algum tipo de prejuízo e nos acertar com tal pessoa (Lc 12.58). No Tribunal de Cristo, não encontraremos desculpas convincentes. Naquele dia, todos confessarão até os segredos do coração e, então, concordarão com as sentenças recebidas.

Davi orou para ser julgado segundo a sua justiça. Quando entendemos a vontade de Deus e a realizamos, fazemos o nosso maior ato de justiça e nos sentimos bem. Isso é obra do Espírito Santo, o qual nos convence do pecado, da justiça e do juízo. Ao errarmos, percebemos que não agimos bem, pois o Consolador nos faz ver o perigo rondando à nossa volta. Por outro lado, ao fazermos o bem, passamos pela vida com alegria.

Ao lermos a Bíblia (todos devem meditar nela todos os dias e com atenção), Deus sonda o nosso coração para ver a decisão que tomaremos. Portanto, ao sentir que Ele lhe revela algo, passe a cumpri-lo. A sua atitude mediante tal revelação determina como estará diante do Senhor. Quem não atende à voz do Consolador tem a sua sentença. Cumpra o propósito divino e viva bem; assim, você agradará a Deus.

Davi continuou sua oração dizendo que deveria ser julgado segundo a sua integridade. Quem aceita Jesus e, por conseguinte, nasce de novo, torna-se íntegro, e, em seu espírito, não há mais condenação. Se a tentação vier e, por algum motivo, essa pessoa atender ao diabo, ela perderá esse título. Agora, se ela, mesmo havendo chance para errar, rejeitar o mal, continuará íntegra. Deus é bom, não é mesmo?

Quem cumpre os preceitos divinos pode pedir o julgamento conforme a sua justiça e integridade, pois não será considerado culpado. O Senhor não procura algo para puni-lo, mas lhe oferece os meios para se livrar de tudo o que poderá levá-lo ao suplício eterno. Como Pai, Ele não tem prazer na sua perdição, pois o ama de fato!

Fonte: Ongrace

Comentários

Você precisa logar no site para poder enviar comentários. Clique aqui caso ainda não possua um cadastro em nosso site.

     

    1