carregando
Carregando...
Caso a página demore muito para carregar,
aperte o botão "atualizar" do seu navegador ou a tecla "F5".

  • Receba informações e promoções de nosso site.


Notícias

Esporte

Graça Jovem participa de Maior Corrida de Rua do Centro Oeste

por Redação Graça Jovem/MT
12/01/2016 às 09:05h
Participar uniformizado foi uma forma de evangelismo

Dentre o mar de 15 mil pessoas que tomaram as ruas de Várzea Grande e Cuiabá neste domingo, 10 de janeiro, uma equipe uniformizada de azul chamava atenção. Com o emblema do Graça Jovem estampado nas costas, 15 jovens entre 18 e 34 anos se superaram e concluíram os 10 km do percurso.

Considerada a maior corrida de rua do Centro Oeste, a Corrida de Reis abre o calendário de corridas de 2016. O trajeto iniciou na Ponte Sérgio Mota que interliga a capital ao território várzea-grandense e se estendeu durante as Avenidas Beira Rio, Tenente Coronel Duarte e Rubens de Mendonça.

O integrante da tribo de Aser, Leandro Gonçalves, foi o primeiro da equipe a alcançar a linha de chegada. Com 53 minutos de prova, o jovem ficou satisfeito com o resultado. “Apesar de não ter ficado muito tempo na prova, achei bem organizada, o clima estava favorável e a todo tempo via pessoas fantasiadas fazendo brincadeiras, muitas famílias participando juntas e um clima de descontração. O evento uniu o útil ao agradável que é o esporte e a interação social, proporcionando saúde e ao mesmo tempo, bem estar”, avalia.

O clima agradável também foi um fator importante para a membro da Tribo de Rubens, Cris Borges. “Estava um tempo agradável, no final fez um pouco de calor, mas foi tudo bem. Deu para aprender que quando se tem foco e força de vontade, conseguimos superar e vencer limites”, afirma.

Essa foi a segunda vez que a jovem participa da Corrida de Reis, assim como o integrante da Tribo de Aser, Marcos Curcine. “Além de incentivar a saúde é um ambiente divertido onde pessoas desconhecidas se interagem de forma calorosa. Correr com os amigos da igreja foi bem legal, porque são histórias que vamos levar pra toda a nossa vida”, explica.

Enquanto alguns já tinham essa experiência, Leandro participou da prova pela primeira vez, e confessa que teve um incentivo a mais. “Me deu um gás saber que eu estava representando o Graça Jovem. Foi uma experiência muito boa porque pudemos compartilhar experiências, em momentos de brincadeira e descontração antes e depois da prova. Acho que isso fortalece os laços de amizade”, explica.

A integrante da tribo de Simeão, Flavia Sinésio, também estreante se surpreendeu com o resultado. “Correr com o pessoal do Graça Jovem foi bem divertido. Acho que todo mundo superou suas expectativas, porque sinceramente eu achava que não ia conseguir chegar inteira no final da prova”, explica, descontraída.

Os membros do Graça Jovem que participaram da corrida, ainda destacaram que durante o percurso, vários atletas reconheciam o emblema e perguntavam informações sobre horários dos cultos na Igreja Internacional da Graça de Deus. Outros relataram ser motivados a prosseguir, ao receberem palavras de ânimos de outros competidores que reconheciam a logo do Graça Jovem.

Para o líder do Graça Jovem, pastor Cleber Santos, essa também é uma forma de evangelismo. Além das tribos já citadas, participaram representantes das tribos de Naphtali e Judá e membros do Graça Jovem nos pelotões da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso e do Corpo de Bombeiros.

Comentários

Você precisa logar no site para poder enviar comentários. Clique aqui caso ainda não possua um cadastro em nosso site.

     

    1