carregando
Carregando...
Caso a página demore muito para carregar,
aperte o botão "atualizar" do seu navegador ou a tecla "F5".

  • Receba informações e promoções de nosso site.


Notícias

Mídia

Entrevista com os produtores do filme Não é Tarde para Recomeçar!

28/01/2011 às 12:11h

Acompanhe a entrevista da Graça Filmes com os produtores, Fábio e Karin Faria, do filme nacional Não é Tarde para Recomeçar!

GF: O filme Não é Ttarde para Recomeçar retrata um casamento em crise. Qual o objetivo de vocês com esse projeto?

Fábio Faria: Começamos o projeto com as seguintes perguntas: “Por que uma escolha tão importante – o casamento – pode se dissipar? Por que essa grande decisão da vida é jogada fora?”. Com esse pensamento, foi escrito o roteiro, que resgata nas pessoas a parte bonita do passado. Fomos direcionados por Deus a fazermos um filme sobre relacionamento, pois, hoje, há dados impressionantes de separação conjugal no Brasil. Esse filme não é destinado apenas a casais cristãos, mas a todos os casais.

GF: Qual é a expectativa sobre o lançamento desse longa-metragem?

Karin Faria: Parte da nossa equipe estará em São Paulo na ExpoCristã (de 7 a 12 de setembro) para o lançamento do filme. Estamos muito felizes e esperamos que todos sejam abençoados com esse projeto.

GF: Explique-nos mais sobre a Red Films.

Karin: A Red Films é uma produtora de filmes cristãos que atua também com teatro. O grupo existe desde 2003 com peças teatrais, e, em 2006, planejamos nosso primeiro longa, que foi lançado nacionalmente em 2009. Hoje, somos 90 pessoas envolvidas diretamente em nossas produções.

GF: Conte-nos sobre a parceria com a Graça Filmes.

Fábio: Estamos muito felizes com essa parceria. Vimos na direção da empresa um profissionalismo difícil de encontrar no Brasil nesse ramo. Em pouco tempo, a Graça Filmes já é a maior distribuidora de filmes cristãos e tem projetos audaciosos. Isso nos dá tranquilidade para trabalhar em novas produções.

GF: Como foi gravar esse filme?

Fábio: Nós rodamos o filme em Santa Catarina logo depois das enchentes e dos deslizamentos ocorridos. Rio dos Cedros, cidade onde acontece boa parte do filme, teve suas estradas praticamente destruídas. Nós levamos três meses gravando quase todos os dias e ficamos felizes com o resultado. A equipe já estava mais experiente, e isso fez com que gravássemos de maneira mais rápida.

GF: O que o público em geral pode esperar desse filme?

Karin: Acima de tudo, uma mensagem linda de como temos de valorizar a vida e os compromissos firmados com Deus. Tecnicamente, o público pode esperar um filme com muita qualidade e uma fotografia espetacular.

Gf: Deixem suas considerações finais:

Fábio e Karin Faria: Esperamos mesmo que amem o filme e o divulguem, pois, com certeza, ele será uma ferramenta maravilhosa nas mãos de Deus para a restauração de muitas vidas.

Comentários

Você precisa logar no site para poder enviar comentários. Clique aqui caso ainda não possua um cadastro em nosso site.

     

    1